terça-feira, 26 de junho de 2007

A primeira lição.

- Mas agora eu tenho de pagar - disse.
- Pagar?
- Pelo meu pecado. É por isso que eu estou aqui, não é? Justiça?
O Homem Azul sorriu.
- Não, Edward. Você está aqui para eu poder lhe ensinar uma coisa. Todas as pessoas que você encontra aqui têm algo para lhe ensinar.
Eddie estava cético. Permanecia com os punhos cerrados.
- O quê, por exemplo? - perguntou
- Que nada existe por acaso. Que estamos todos ligados. Que não se pode separar uma vida da outra, assim como não se separa a brisa do vento.
Eddie balançou a cabeça.
- Nós estávamos arremessando uma bola. A estupidez foi minha, sair correndo atrás dela daquele jeito. Por que é que você tinha que morrer em vez de mim? Não é justo.
O Homem Azul estendeu a mão.
- A justiça - disse ele - não governa a vida e a morte. Se governasse, nenhuma pessoa boa morreria jovem.